Eleitores escolhem novo prefeito de Ipojuca neste domingo

20170402

O município de Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife, volta às urnas hoje (2) para escolher o prefeito e vice-prefeito. Romero Sales (PTB), vencedor do pleito de 2016, teve a candidatura indeferida definitivamente em dezembro pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e neste domingo, de acordo com a legislação eleitoral, se realizam eleições suplementares.

A decisão inicial do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) foi baseada em uma condenação por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito, motivada por uma viagem realizada em 2008 por Sales, quando ainda era vereador. Enquanto o resultado da eleição estava indefinido, o presidente da Câmara de Vereadores, Ricardo José de Souza (PTC), assumiu a chefia do Executivo.

O município tem importância no contexto econômico estadual, com um dos maiores índices do Produto Interno Bruto (PIB) de Pernambuco. É em Ipojuca que fica Porto de Galinhas, praia famosa nacionalmente e muito procurada por turistas brasileiros e estrangeiros, e também o Complexo Industrial Portuário de Suape e a Refinaria Abreu e Lima, entre outros empreendimentos de grande porte.

Só poderão votar quem participou da eleição regular de outubro do ano passado. São 66.490 pessoas de um total de 67.210 eleitores. Três candidatos disputam o cargo: o vereador Olavo Aguiar (PMN), o ex-prefeito Carlos Santana (PSDB) e Célia Sales (PTB), que não conseguiu se eleger vereadora em 2016. Conforme o TRE-PE, o resultado deve sair até as 19h.

Eleições indefinidas

Segundo o TRE-PE, em outros oito municípios pernambucanos a escolha do prefeito ainda está indefinida. Em dois deles, Jataúba e Cabrobó, os vencedores do pleito tiveram a candidatura indeferida pelo tribunal, recorreram e aguardam decisão do TSE.

Em Belo Jardim, o candidato foi empossado depois de decisão monocrática do ministro Gilmar Mendes. Nas cidades de Gravatá, Ipubi, Riacho das Almas, Água Preta e Dormentes, os prefeitos eleitos tiveram as candidaturas aceitas, mas houve recurso.

Além de Ipojuca, 11 municípios do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Roraima e Sergipe terão novas eleições para escolher prefeitos e vice-prefeitos. Nessas localidades, os candidatos mais votados na eleição de outubro de 2016 tiveram os registros de candidaturas cassados pela Justiça Eleitoral.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*