Após negociações, rodoviários de Manaus suspendem paralisação

A prefeitura de Manaus anunciou hoje (17) que os rodoviários não devem promover novas paralisações na cidade. O serviço de transporte público voltou à normalidade, depois de duas reuniões com dirigentes do sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários de Manaus (STTRM), do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) e o prefeito Arthur Virgílio Neto, feitas na noite de ontem.

Após as negociações, ficou acordado que as categorias vão buscar entendimento na Justiça trabalhista sem prejudicar os usuários do transporte coletivo. Os dois sindicatos se reúnem hoje no Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT11) para discutir o dissídio coletivo dos trabalhadores.

O prefeito Arthur Virgílio Neto também anunciou medidas com o intuito de melhorar o trabalho desses profissionais e minimizar transtornos. “Nesta semana, uma nova Faixa Azul começa a ser instalada do Terminal 3, na Cidade Nova, até a Constantino Nery. Isso aumenta a velocidade dos ônibus, gerando economia e transportando mais pessoas. Vamos aumentar a fiscalização na cidade para impedir que veículos clandestinos façam o transporte de passageiros ilegalmente”, afimou o prefeito.

Nos últimos três dias, os rodoviários fizeram uma greve para reivindicar 20% de reajuste salarial e aumento no valor de benefícios. Ontem, 30% dos ônibus deixaram de circular, afetando moradores de todas as zonas da capital amazonense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *