Ao vivo: Audax e São José decidem Copa do Brasil de Futebol Feminino

Confira como foi Osasco Audax 3 x 1 São José

Depois de uma temporada que teve Flamengo campeão brasileiro e muita gente torcendo pela seleção brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio, o futebol feminino se despede de 2016 com a final da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (27), o Osasco Audax enfrenta a equipe do São José no estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco (SP). A partida terá transmissão por meio do Facebook do Osasco Audax. Você pode assistir ao jogo, que começa às 19h30, clicando no player abaixo:

Segundo tempo: 

Primeiro tempo:

Além da página do GO Audax, o jogo também será transmitido pelo site da CBF e pelo site da FPF. 

Quem vencer leva o título, já que, no jogo de ida, realizado no dia 19 de outubro no Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos (SP), as equipes empataram em 2 a 2. Não há gol qualificado na fase final: em caso de novo empate, a decisão será nos pênaltis.

A partida reúne uma das mais tradicionais equipes do futebol feminino brasileiro contra um dos times que mais tem crescido nos últimos tempos. O São José já venceu duas vezes a Copa do Brasil e já foi até campeão mundial de futebol. O Audax não tem nenhum título, mas tem feito boas campanhas no Campeonato Paulista e Brasileirão, onde jogou com o nome Corinthians por conta de uma parceria com o Timão. 

Se ficar com o título, o São José supera o Santos e passa a figurar como o maior campeão da Copa do Brasil – as Sereias da Vila também detêm duas conquistas (2008 e 2009). O time da técnica Emily Lima chega invicto para a decisão: foram seis vitórias e um empate, com 29 gols a favor e três contra. Para chegar até aqui, a Águia passou pelo Paraíso (TO), Atlético (AC), JV Lideral (MA) e Foz Cataratas (PR).

Para a técnica do São José, Emily Lima, a participação da equipe na competição está sendo muito boa. A treinadora tem certeza de que o trabalho para conquistar esse título foi feito, com expectativa de um jogo decisivo muito semelhante ao jogo de ida, com as duas equipes se respeitando e se estudando lance a lance. “Essas meninas, mais do que ninguém, merecem esse caneco” declarou a técnica sobre as Meninas da Águia.

A atacante Luize ressalta que a equipe deve ter muita atenção, trabalhar nos erros da primeira partida e que nessa fase não há um favorito: “Final é final, o equilibro faz parte desse jogo, a equipe que errar menos vai ser campeã”. Luize espera ajudar o clube a sair com o título desse jogo: “o mais importante é a nossa vitória e o tricampeonato, se eu puder fazer um gol vou ficar muito feliz, ainda mais pelo carinho que tenho pela camisa do São José”.

Depois de eliminar Pinheirense (PA), Santos (SP), Flamengo (RJ) e Cresspom (DF), o Audax aposta no faro de gol da atacante Chú Santos, que é a artilheira da competição, com 11 gols. No caminho até a primeira final de sua história, a equipe acumulou cinco vitórias, três empates e uma derrota, com 23 gols marcados e sete sofridos.

No comando da equipe desde o princípio do projeto de futebol feminino do Audax, o técnico Arthur Elias diz que o time está preparado para conquistar a competição. “Se acontecer, será um prêmio merecido para este grupo que trabalha muito e também para o clube que acreditou, investiu, nos deu boas condições e almeja conquistar a vaga para o Campeonato Brasileiro e Libertadores”, disse o treinador.

Osasco Audax x São José

Final da Copa do Brasil de Futebol Feminino
Estádio: Prefeito José Liberatti (em Osasco, São Paulo)
Horário: 19h30
Árbitro: Regildenia de Holanda Moura – SP
Assistentes Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa – (SP)

Relacionadas para o jogo

Osasco Audax

Goleiras: Letícia, Monique e Tainá
Laterais: Barrinha, Juci, Leide e Paulinha
Zagueiras: Koki, Mimi e Pardal
Meias: Amanda Brunner, Camilinha, Daiane, Fran, Grazi, Mayara e Thaísa
Atacantes: Byanca Brasil, Cacau, Chú Santos, Gabi Nunes, Juliana e Nenê
Técnico: Arthur Elias

São José 

Goleiras: Andrea, Thais Helena, Vivi
Laterais: Ana Keyla, Raquelzinha, Scarlett, Suellen, Yasmim
Zagueiras: Bagé, Flavi, Gislaine, Vivi de Martino
Volantes: Baiana, Gabi, Isa, Peçanha
Meias: Bebel, Pamela, Rita Bove, Raquel Rabello, Rosana
Atacantes: Alanna, Carlinha, Glaucia, Ludmila, Luize, Michele Carioca
Técnica: Emily Lim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *